Porto é um dos destinos alternativos da Europa

0

O jornal britânico The Guardian selecionou dez destinos alternativos, que mostram que os melhores roteiros nem sempre passam pelas grandes cidades. Em lugar de destaque, surgem cidades que nem sempre são a primeira escolha dos turistas, mas onde a vida cultural é muitas vezes mais agitada do que nas grandes capitais europeias.

Um desses destinos é o Porto. O jornal refere que, apesar de “não ter a mesma vibe festiva de Lisboa”, tem um certo encanto antigo e uma “agitada cena criativa”. Em relação aos locais para visitar, o Guardian destaca as galerias de arte da Rua Miguel Bombarda e o Museu de Serralves, “um dos mais importantes museus do país”.

Outro destino selecionado é Gent. Localizada na província belga de Flandres, Gent, ao contrário de Bruges, um popular destino turístico flamengo, “mantém-se real”, refere o jornal. Como pontos de interesse, o Guardian destaca a Catedral de S. Bavo e a “pitoresca” arquitetura flamenga.

Em França, o Guardian refere a cidade de Lyon, que “compete com Paris nas saídas de fim de semana”.

Na Alemanha, é Leipzig que recebe o lugar de destaque. Considerada “um refúgio para os berlinenses desencantados”, nos últimos anos a cidade tornou-se um local de preferência especialmente para os jovens criativos. As galerias Spinnerei são um dos lugares de interesse, e celebram este ano o seu 10º aniversário.

Em Espanha, o jornal escolheu a cidade de Segovia, conhecida pela sua catedral gótica e pelo castelo que serviu de inspiração à Disney — o Alcázar de Segóvia.

Na lista dos dez destinos alternativos, o jornal britânico refere ainda a cidade de Linz, na Áustria, com o seu “encanto de cidade antiga com uma cena criativa florescente”, Roterdão, na Holanda, Gotemburgo, na Suécia, e Belgrado, na Sérvia.

Para terminar, é ainda destacada a cidade de Turin, em Itália, considerada pelo jornal “muito mais bonita do que Milão”, com comida e cafés que mostram o melhor da região de Piemonte. O histórico Caffe Torino é de passagem obrigatória, assim como o Museu Egípcio, que tem uma das maiores coleções de artefactos egípcios da Europa.

 

Boas Experiências 🙂

 

Fonte: Observador
Partilhe.

Sobre o Autor

Odisseias

O nome Odisseias vem do poema épico de Homero que relata uma viagem cheia de aventuras extraordinárias, e foi para lhe oferecer experiências inesquecíveis que criámos a Odisseias. Desde a fundação que a nossa equipa teve um trabalho diário de seleccionar cada uma das experiências do nosso catálogo e pensar nas suas emoções, oferecendo desde um salto de paraquedas a um momento de relaxamento num spa.

Deixe um Comentário