A minha carta ao Pai Natal!

0

Querido Pai Natal,

Eu sei que já há alguns anos que não escrevo… mas não foi por ter deixado de gostar de si, ou por alguma mágoa em relação a algum presente.. Na verdade nem sei bem, crescemos e deixamos de ser crianças.. e acabamos por pedir presentes aos nossos pais, porque não é preciso escrever… dá para reclamar directamente e  mesmo pedirmos para trocar torna-se mais fácil… no fundo é uma questão logística.

Já sei que lhe chegou aos ouvidos uns boatos que deixei de acreditar no Pai Natal… é mentira!! Aliás prova disso mesmo é que estou a escrever este ano, também um pouco para desmentir esses boatos.. e porque quero desabafar consigo…

Na verdade estou farto dos presentes de natal de adulto, são sempre os mesmos… já não aguento os pares de peúgas, embrulhados em papel de embrulho com renas, já não aguento os gorros, luvas e os cachecóis que só consigo usar quando vou à Serra da Estrela, as caixas de chocolates aos montes, os pijamas de flanela que são muito quentinhos mas que me fazem acordar todo transpirado, e aqueles perfumes que não consigo cheirar quanto mais usar!!

Sei também, que o melhor do Natal é estar com a família e os amigos, sentir o espírito de alegria, convívio e solidariedade, sentir a partilha o amor e a amizade. Nisto estamos de absoluto acordo.

Mas o que eu queria, era um Natal diferente, um Natal mágico, um Natal onde os habituais presentes são substituídos por emoções , por experiências de sonho, por aventura , por momentos inesquecíveis.. queria uma consoada gourmet num hotel de charme, queria dormir a ver as estrelas ao calor de uma lareiraqueria voar, queria relaxar no melhor dos spas, queria ficar zen, queria saltar do céu (de paraquedas claro!), queria viajar, queria passear a pé, a cavalo, de barco, de canoa, de avião,  de ferrari, de helicóptero, e até, Pai Natal, no seu trenó com todas as suas renas.

Queria partilhar o melhor da vida com os meus e com o mundo, queria que este Natal fosse repleto de momentos inesquecíveis!

 

P.S.- Pai Natal, antes disto tudo queria um Natal solidário, onde todas as crianças tivessem pelo menos um brinquedo de presente!! Se não conseguir sozinho, NÓS AJUDAMOS!! ( pois sei que a idade já pesa, e as renas já estão com muitos quilómetros… 😉

Partilhe.

Sobre o Autor

Odisseias

O nome Odisseias vem do poema épico de Homero que relata uma viagem cheia de aventuras extraordinárias, e foi para lhe oferecer experiências inesquecíveis que criámos a Odisseias. Desde a fundação que a nossa equipa teve um trabalho diário de seleccionar cada uma das experiências do nosso catálogo e pensar nas suas emoções, oferecendo desde um salto de paraquedas a um momento de relaxamento num spa.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: